Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Serviços Industriais

Inspeções a instalações de gás

A Importância das Inspecções

Aparelhos mal afinados, fugas de gás e concentrações elevadas de monóxido de carbono são alguns dos problemas detetados numa inspeção.

Estas situações nem sempre são facilmente detetáveis pelas pessoas que operam os aparelhos a gás.

Uma tubagem envelhecida com fissuras ou uma caldeira com evacuação de gases deficiente, podem facilmente originar perigo de explosão. A combustão de gás produz sempre monóxido de carbono (CO) que, inalado em quantidades excessivas, pode provocar vómitos, vertigens, intensas dores de cabeça e, no pior dos casos, a morte.

As inspeções não são mais que uma garantia de segurança e salvaguarda de pessoas e bens de toda a comunidade.

Mapa de Periocidade

Devem realizar-se inspecções extraordinárias a instalações de gás sempre que:

  • Sejam feitas alterações na instalação de gás;
  • Existam fugas de gás;
  • Seja feito novo contrato de fornecimento de gás;
  • Exista conversão do gás butano ou propano para gás natural.

Devem realizar-se Inspecções Periódicas de: (nº 2, Art. 3º, Anexo II da Portaria 362/2000, de 20 de Junho):

  • Dois em dois anos - para as instalações afectas à industria turística e de restauração, a escolas, a hospitais e outros serviços de saúde, a quartéis e a quaisquer estabelecimentos públicos ou particulares com capacidade superior a 250 pessoas.
  • Três em três anos - para instalações industriais com consumos superiores a 50.000m3 de gás natural, ou equivalente noutro gás combustível.

O Papel da TESTCERT Como Entidade Inspectora

A TESTCERT realiza os ensaios previstos na lei com o objectivo de certificar que toda a instalação se encontra em conformidade.

Na existência de não conformidades, a TESTCERT informa o Cliente das reparações a realizar e indica os períodos máximos para as reparações das mesmas.

Após as reparações, os clientes informam a TESTCERT da sua conclusão para se efectuar uma reinspecção de modo a confirmar a inexistência de não conformidades.

Ao abrigo do nº 1, Art. 10º, Anexo II da Portaria 362/2000, de 20 de Junho a entidade inspectora não pode, em situação alguma, actuar como entidade distribuidora, reparadora ou instaladora.

O Papel das Entidades Distribuidoras / Reparadoras / Instaladoras

As entidades, distribuidora, reparadora ou instaladora, executam as reparações necessárias, devendo também estar credenciadas pela Direcção Geral da Energia.

Estas entidades não podem, em situação alguma, actuar como entidade inspectora de redes, ramais e instalações de gás (nº 3, Art. 10º, Anexo II da Portaria 362/2000, de 20 de Junho).

Descrição da Inspecção

As inspecções consistem na verificação das condições de toda a instalação de gás (coluna, ramificações, contador, válvulas, tubagem, redutores, tubos flexíveis e sistema de exaustão de fumos), assim como das condições de funcionamento dos aparelhos a gás e medição de Monóxido de Carbono (fogões, esquentadores, caldeiras, estufas, etc.), havendo apenas uma breve interrupção no fornecimento do gás.

Como resultado das inspecções podem surgir dois tipos de anomalias:

  • Os defeitos não críticos, que não obrigam a um corte do fornecimento de gás e deverão ser reparados num período inferior a 90 dias.
  • Os defeitos críticos, que obrigam a um corte do fornecimento de gás e a uma reparação imediata.

Caso exista alguma anomalia que obrigue a uma reparação, estas deverão ser efectuadas por empresas credenciadas pela Direcção Geral da Energia (nº 2, Art. 8º, Anexo II da Portaria 362/2000, de 20 de Junho).

Certificado

De acordo com a Portaria 690/2001 de 10 de Julho, no final de cada inspecção a TESTCERT emite um Certificado de Inspecção, que prova que a instalação de gás, os aparelhos a gás, as condições de ventilação e exaustão de produtos de combustão, estavam na altura em boas condições de funcionamento, sendo a sua validade variável em função do tipo de instalação (Periodicidade).

Preços

Consulte aqui a nossa tabela de preços.

Para mais informações contacte-nos.

Sector Doméstico
Análise a projetos de gás e Inspeções de Instalações de intalações de gás
Sector Industrial
Equipamentos Sob Pressão